Ex-muçulmana que se entregou a Cristo na Alemanha é perseguida em sua terra natal

Escrito em 04/08/2022
Tiago Chagas

"Quando um turco muda de religião ou se torna cristão, logo é visto como traidor da cultura e da nação turca. Ex-muçulmanos são controlados e observados, por isso muitos cristãos escondem a fé”, diz a Portas Abertas. No caso de Ayse, viver uma vida dupla não era uma opção: "Ela não consegue, e nem deseja, esconder a fé em Cristo".